Meu Perfil
BRASIL, Mulher, de 20 a 25 anos



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
Grapiuna Notícias


Sucesso de livro rende filme nos cinemas

 “Elite da Tropa” serviu como inspiração para um dos mais novos filmes do cinema brasileiro: “Tropa de Elite”, que ainda não chegou aos cinemas, mas já tem a sua versão pirata nas ruas. A obra, assinada  por uma das maiores autoridades do Brasil em segurança, Luiz Eduardo Soares, e dois policiais, André Batista e Rodrigo Pimentel,  é o primeiro livro do Brasil que apresenta o cotidiano dos policiais nas grandes cidades. Baseado em experiências reais, os autores criam fatos e cenários ficcionais que são reescritos em parte ou em seu todo. Neste livro, o leitor tem acesso aos depoimentos e dramas diários dos PM´s que circulam pelas favelas do Rio de Janeiro e expõe a sua visão de como assegurar a sua própria segurança.Todas as pessoas e lugares recebem nomes fictícios para preservar a identidade dos personagens. A crueza relatada nos fatos revela o maior trunfo do livro.



Escrito por Clarinha às 10h01
[] [envie esta mensagem] []



                                     Ortografia e Enem

 

No próximo domingo, 26 de agosto, alunos de todo o país se preparam para fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No momento da prova, a atenção dos alunos estará voltada não só para as questões que devem acertar, mas também para os erros ortográficos que precisam ser evitados. Segundo o site da Globo, porém,até mesmo as redações que receberam nota 10 no Enem, contém erros ortográficos.

O site explica que o “x” da questão é o aluno mostrar para o corretor que ele sabe realmente argumentar sobre o tema proposto. Sendo assim, palavra sem acento, grafada incorretamente, ou a falta de um hífen não interfere na análise. “Avaliamos o erro dentro do contexto”, explica a professora Gisele Gama, coordenadora geral de correção das redações do Enem no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pelo exame.

Assim com Gisele, o professor Francisco Platão Savioli, coordenador de gramática, textos e redação do cursinho Anglo, concorda que não é uma letra errada que vai fazer com que o aluno seja desclassificado. “A redação não tem como objetivo avaliar os conhecimentos ‘prontos’ do aluno e sim a capacidade que ele tem de construir conhecimento a partir de um tema que ele nunca viu uma resposta pronta antes. Escrever paralisação com ‘z’ não interfere no conteúdo da redação. É diferente de um aluno que escreve gente com ‘j’. Você percebe na hora que o estudante tem dificuldade com a língua”, afirmou o professor.  

Fugir do senso comum também é uma boa opção para os alunos que desejam ser diferenciais. Segundo a coordenadora Gisele, escrever a sua posição pessoal sobre o assunto e não ir à prova com uma receita de bolo, é primordial.

Ainda que algumas palavras passem “despercebidas” na hora da correção, é importante que o aluno preste muita atenção no momento em que está escrevendo a sua redação, afinal de contas são 1.800 corretores que avaliam cerca de 3,5 milhões de provas. Cada texto é avaliado por duas pessoas, e, se por acaso houver discrepância nas notas, automaticamente a redação passa para um terceiro avaliador.  

 

 

 

__________________________________________________________________________________________________________________________



Escrito por Clarinha às 10h19
[] [envie esta mensagem] []



                                             Festa Ploc!

                             Essa é pra relembrar os velhos tempos

 

No próximo sábado, 25 de agosto, a partir das 22h, no Wet´n Wild, na Avenida Paralela, será realizada a segunda edição da Festa Ploc em Salvador. Segundo o site iBahia o tema da vez são os anos 80, e para reviver o clima da década, o clube estará ornamentado com telões exibindo minisséries e filmes da época, como: Gata Comeu, Tititi, Anos Dourados e Primo Basílio. Além disso, um grande parque de diversões vai ser implantado na área. Brinquedos como Roda Gigante, Macaca Monga, Touro Mecânico, Trem Fantasma, samba e bate-bate vão estar disponíveis para o público relembrar os bons e velhos tempos.

A segunda edição da festa vai contar com a participação de: Gretchen, Sergio Malandro, Simony – Balão Mágico, Luciano – Trem da Alegria, Rosanna, a Banda Ploc e os baianos Luiz Caldas, Faustão e Abiúde.

Para aqueles que desejam ir à Festa Ploc 80´S, os ingressos estão sendo vendidos no Ticketmix e Pida!  

 

 

_____________________________________________________________________________________________________________________



Escrito por Clarinha às 09h35
[] [envie esta mensagem] []



                  O quebra-cabeça

                     Clara Grapiuna

 

A vida é um grande quebra-cabeça, onde tudo se encaixa. Há peças fundamentais nesse quebra-cabeça que são deixadas ao longo do caminho, outras se perdem sem que nos demos conta, porque elas acabam nem fazendo falta. Há ainda aquelas que somem e deixam um enorme furo na cena. É a figura incompleta, o brinquedo vazio, que perde a graça. O jeito é caminhar ainda que sem rumo, mas sempre olhando para frente sem idealizar aquilo que te espera além daquele horizonte.

Pode ser que quando menos espere, você encontre aquela peça que faltava. Mas será que terá o mesmo formato? Será que terá o mesmo valor? Será que se encaixará tão bem? Ou será que será melhor? De repente pode ou não ser. E como vou saber? É vivendo que se aprende. Há pessoas especiais, inesquecíveis, mas será que insubstituíveis? Não sei, não se sabe.

E nem mesmo a saudade conseguirá tapar aquilo ali. É o olhar solitário, é o sorrir descontente. Acabou o brilho, acabou a alegria, mas a vida continua. As fotos só mostram um. Cadê o outro? O outro já se foi. Mas para onde, mas por que? Não se sabe, nem eu sei.

Como em todo quebra-cabeça existem ainda aquelas peças-chaves. Elas nos norteiam, nos mostram qual o caminho devemos seguir. A partir delas olhamos para todas as direções e apontamos aquela para onde queremos ir. Nessa trajetória encontramos as peças auxiliares, que são fundamentais para nos ajudar quando temos dúvidas e não podemos recorrer às peças-chaves. Elas se fazem importantes dentro desse contexto, e às vezes se tornam essenciais. 

Há ainda nessa brincadeira as peças semelhantes que tornam as coisas mais difíceis. Pensamos que elas se encaixam em um lugar, quando na verdade estão bem distantes de alcançá-los. Nesse momento paramos e observamos, refletimos. Refletimos sobre os possíveis tropeções que poderíamos levar caso não nos déssemos conta de que são peças erradas, piratas, adulteradas.  Mas nem todos conseguem distingui-las. Isso lhes rende grandes dores e perdas futuras.

Agora o jogo está finalizado. Falta apenas uma peça. Aquela que sumiu no início do jogo. Como fazer para reencontrá-la? Conto com a sorte ou com o destino? Ninguém sabe. Nem eu mesma sei. 

 

 

_________________________________________________________________________________________________________________________



Escrito por Clarinha às 09h17
[] [envie esta mensagem] []



                   

Sonhando acordado

 

E quem nunca sonhou em ganhar na loteria? Pois é. Segundo o site da globo.com  , nesta quarta-feira, 22 de agosto, o prêmio promete para aqueles que fizerem suas apostas. 33 milhões de reais. Exatamente o terceiro maior prêmio que a loteria federal sorteou neste ano. O primeiro do concurso 832 pagou R$52,8 milhões, e o segundo, R$40,4 milhões.

De acordo com o site: “Se aplicado na poupança, o prêmio de R$ 33 milhões pode render R$ 200 mil por mês, segundo a Caixa Econômica Federal.” O sorteio será realizado na cidade de Cruzeiro do Oeste (PR), às 20h. 

Agora a pergunta que todo mundo adoraria responder: “E se fosse você o vencedor? O que faria com tanto dinheiro?”

                                   Vale à pena sonhar, não é?!    




Escrito por Clarinha às 08h53
[] [envie esta mensagem] []



Quer se divertir, ler e refletir?!

É só entrar e conferir!!!!  



Escrito por K às 17h15
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]